Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Nome do namorado

nome:
Maria Luísa
ano nascimento:
1945
freguesia: Zebreira
concelho:
Idanha-a-Nova                                             
distrito:
Castelo Branco
data de recolha: Setembro 2010
 
 
 

Dados de inventário
  • Nome do namorado
  • Idanha-a-Nova

    "Nome do namorado" - Descrição de tradições associadas ao dia de São João: impregnar as casa com o fumo do alecrim; saltar a fogueira; descobrir o no9me do futuro marido.

    Maria Luísa, Ano de nascimento 1945.

    Idanha-a-Nova

    Registo 2010.

Transcrição
  • Saber o nome do namorado/ afastar espíritos

     

    Na noite de São João, portanto, de 23 para 24 [de Junho], acendem-se as fogueiras com rosmaninhos(1). Toda a gente, às portas, cada um à sua porta, acende uma fogueira com um monte de rosmaninhos onde toda a gente salta às fogueiras. Novos e velhos! Mas, principalmente, os namorados, claro! A juventude. Saltavam às fogueiras, enquanto elas ardiam. Abriam-se portas e janelas para entrar o fumo e o cheiro do rosmaninho que era para – diziam as pessoas de mais idade – afastar espíritos malignos, doenças… Era uma espécie de ficar, digamos, as casas benzidas. Na noite de São João.

     

    Ao fim de arder a fogueira, ficava a cinza. Naquela cinza iam as raparigas solteiras pôr uma moeda preta (de cinco tostões(2), por exemplo, que era a moeda que era preta, que diziam que era a que dava sorte) prò(3) meio da cinza e ficava lá até ao outro dia de manhã. Antes de nascer o sol, a rapariga levantava-se e ia à porta pra(4) ver qual era a primeira pessoa que passava, se coincidia o nome daquela pessoa  com o namorado que ela, pronto, ia casar… Algumas coincidiria, outras não. Aquela minha colega diz que sim, que fez isso e que saiu certo! 

     

    Maria Luisa, Zebreira (Idanha-a-Nova), Setembro de 2010

     

    Glossário:

    (1) Rosmaninhos – planta aubarbustiva e labiada, aromática, também designada por alecrim, arçã, arçanha, rosmanino, rosmarinho e rosmano.

    (2) Tostões: plural de tostão antiga moeda portuguesa equivalente a 100 réis ou de 10 centavos.

    (3) Prò – contracção de “para o” - uso popular e coloquial (contração da preposição pra com o artigo ou pronome o).

    (4) Pra – o mesmo que “para”(redução da preposição para usadade modo informal e coloquial).

     

     

Caracterização
    • Tradições associadas ao dia de São João.
Identificação
  • Nome do namorado
  • Maria Luísa
  • 1945
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Idanha-a-Nova, Biblioteca Municipal de Idanha-a-Nova
Contexto temporal
  • Hoje sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Idanha-a-Nova
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Residentes do concelho de Idanha-a-Nova em festas e romarias locais e em iniciativas do Município, Centro Cultural e Biblioteca de Idanha-a-Nova. Principais actividades desenvolvidas e que promovem estas manifestações culturais:

    Festas e Romarias

    São João

    Projectos

    Projecto Oralidades

     

     

    (Ver links em documentação)

Equipa responsável
  • José Barbieri e Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa
  • José Barbieri - realização do documentário (ver link em documentação)


 

Visite a nova exposição virtual!

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA