Memoria Imaterial CRL
Instituto de Estudos de Literatura e Tradição - patrimónios, artes e culturas

M E M O R I A M E D I A

e-Museu do Património Cultural Imaterial

Mulher malfadada

nome:
Maria Augusta Martins Falcão
ano nascimento:
1935
freguesia: Caçarelhos
concelho:
Vimioso
distrito:
Bragança
data de recolha: Outubro 2010
 
 
 

Dados de inventário
  • Mulher malfadada
  • Vimioso

    "Mulher malfadada" - Sobre um homicídio através de fogo posto num palheiro.

    Maria Falcão, ano de nascimento 1935, Caçarelhos.

    Registo 2010.

Transcrição
  • Mulher malfadada

     

    [Canta:]

     

    Atenção quero pedire(1),

    pra contar a todo o pobo(2).

    Atenção quero pedire,

    pra contar a todo o pobo.

     

    Foi uma mulher malfadada(3)

    que o rapaz lhe deram fogo.

    Foi uma mulher malfadada

    que o rapaz lhe deitaram fogo.

     

    Ela andava com rapazes

    e não os quis aturar.

    Ela andava com rapazes

    e não os quis aturar.

     

    Foi-se deitar a um palheiro(4)

    aonde foram queimar.

    Foi-se deitar a um palheiro

    aonde foram queimar.

     

    O palheiro era distante

    lá fora da poboação.

    O palheiro era distante

    lá fora da poboação.

     

    Não houve quem lhe balesse

    à sua grande afelição(5).

    Não houve quem lhe balesse

    à sua grande afelição.

     

    Dos gritos que ela soltou

    do pobo ninguém ouviu.

    Dos gritos que ela soltou

    do pobo ninguém ouviu.

     

    Dos gritos que ela soltou

    os monstros todos fugiram.

    Dos gritos que ela soltou

    os monstros todos fugiram.

    Maria Falcão, Caçarelhos (Vimioso),Outubro de 2010

     

    Glossário:

    (1) Pedire – pedir (uso informal e coloquial - reprodução da pronúncia da informante).

    (2) Pobo – povo (uso informal e coloquial - reprodução da pronúncia da informante - trocar o “b” pelo “v” é um traço fonético comum nos dialectos do Norte do Portugal).

    (3) Malfadada – que tem má sorte; que tem infeliz destino.

    (4) Palheiro«casa para guardar palha. [Carragosa, concelho de Bragança]. Esta palavra tem outros significados em português; por isso a ponho aqui.» Vasconcelos, José Leite de. (1985). XI - Linguagem popular de Carragosa - Dialecto Transmontano I parte — (Artigos redigidos pelo autor). OPÚSCULOS. Volume VI – Dialectologia (Parte II). Organizado por Maria Adelaide Valle Cintra Lisboa, Imprensa Nacional. p. 63.

    (5) Afelição – aflição (uso informal e coloquial - reprodução da pronúncia da informante).

    Referências bibliográficas e recursos online utilizados no glossário:

    Braga, Fernando. (1937). Apêndice ao «Vocabulário Barrosão». Revista Lusitana Volume XXXV, Lisboa: Livraria Clássica Editora, p. 265.

    Vasconcelos, José Leite de. (1985). XI - Linguagem popular de Carragosa - Dialecto Transmontano I parte — (Artigos redigidos pelo autor). OPÚSCULOS. Volume VI – Dialectologia (Parte II). Organizado por Maria Adelaide Valle Cintra Lisboa, Imprensa Nacional. p. 63.

    http://aulete.uol.com.br;http://aulete.uol.com.br;http://michaelis.uol.com.br;http://www.ciberduvidas.com; http://www.clul.ul.pt/equipa/mcruz/segura.pdf; http://www.mirandadodouro.com/dicionario/traducao-portugues mirandes/palheiro/;http://www.priberam.pt

     

     

     

     

     

     

     

     

     

Caracterização
    • Cantiga narrativa – literatura de cordel
Identificação
  • Mulher malfadada
  • Maria Falcão
  • 1935
  • Trabalhadora agrícola reformada.
Contexto de produção
Contexto territorial
  • Caçarelhos, Vimioso, casa de Francisco Augusto
Contexto temporal
  • Hoje sem periodicidade certa. Encontros informais e iniciativas do Município de Vimioso
Manifestações associadas
  • Transmitidas aos serões, em quotidianos de trabalho e lazer.
Contexto de transmissão
  • Estado de transmissão
    • activa
  • Residentes do concelho de Vimioso que são convidados para iniciativas do Município e Biblioteca de Vimioso. Principais actividades desenvolvidas e que enquadram estas manifestações culturais:

    Sons e Ruralidades em Vimioso

    ANAMNESIS - Encontro de Cinema, som e tradição oral.

    Feira de artes, ofício e sabores

    (ver links em documentação)

Equipa responsável
  • José Barbieri e Filomena Sousa
  • José Barbieri
  • Maria de Lurdes Sousa
  • José Barbieri - realização do documentário (ver link em documentação)

PCI Livro

PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL
MEMORIAMEDIA e-Museu - métodos, técnicas e práticas

+ MEMORIAMEDIA