FÁBULA

A Fábula na Literatura Portuguesa: Catálogo e História Crítica

002.jpg

Catálogo da Fábula na Literatura Portuguesa – CFLP

 

É objetivo do CFLP repertoriar as fábulas na literatura portuguesa desde a Idade Média à Contemporaneidade, estendendo-se as suas entradas desde Afonso X, o Sábio, até ao início da segunda década do século XXI. Apesar da razoável extensão do corpus das fábulas catalogadas, a indexação que se apresenta não deve ser considerada exaustiva nem fechada, em parte, devido à existência de acervos fabulísticos que necessitam de ser transcritos e de textos por fixar que não puderam ser aqui considerados para efeitos de catalogação nem de análise crítica. Por outro lado, a produção escrita no nosso século demonstrou que é concedido à fábula um lugar relevante na literatura, o que, como é de crer, determinará o interesse de se empreender uma complementação do corpus agora apresentado num futuro não muito longínquo.

No CFLP foram consideradas coleções de fábulas, assim como fábulas interpoladas em obras de outros géneros literários, e retiveram-se tanto fábulas autónomas (em colecções ou antologias) como ocorrências que surgem de modo parcial, fragmentário ou, mesmo, por alusão. Foi particularmente complexo o trabalho de definição dos limites da fábula, sobretudo quando houve que tratar fábulas por alusão ou referência, dada a imprecisão do horizonte de referência que se apresenta na maioria destes casos. Em tais situações, optou-se por incluir neste catálogo as fábulas que, não tendo realização textual propriamente dita, através de criação, reescrita ou citação, total ou parcial, marcavam a sua presença por meio de um efeito de alusão ou de referência que pressupunham a convocação mental de uma fábula, ou do seu núcleo narrativo, tanto na mente do autor / editor como na do destinatário. (Lessing, 2008: 31-59; Perry, 1959, Blackham, 1985: 223-253). Tal é o caso, por exemplo, da alusão feita por Fernão Lopes à fábula "a raposa e o corvo" na Crónica de D. João. É uma característica da fábula a capacidade de ser reativada numa situação de ausência textual, e tal deve necessariamente ter reflexo na indexação dos textos que constituem este género.

Contacto do projecto:

Ana Paiva Morais

projectofabula@gmail.com

 


 

Fábula - Financiamento

  A Fábula na Literatura Portuguesa: Catálogo e História Crítica. Projeto avaliado e financiado pela FCT – PTDC/CLE-LLI/100274/2008